REPO INSTITUCIONAL FMB

Título:

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER E A ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL

Autor(es):

REGINA CLAUDIA DE SOUZA SILVA ABREU

Palavras-chave:

Violência contra a Mulher, Serviço Social, Lei Maria da Penha.

Data do Documento:

2021

Citação:

Trabalho de conclusão de curso apresentado ao curso de Pós Graduação em Gestão Social Políticas Pública e defesa de Direitos da Faculdade do Maciço de Baturité - FMB como requisito parcial a obtenção do título de Especialista em Gestão Social Políticas Pública e Defesa de Direito.

Resumo:

Nos últimos anos a violência doméstica contra a mulher no Brasil vem se agravando. Diante desse fato aparecem as dificuldades por elas enfrentadas. A violência tem se mantido no quadro de preocupação como um dos principais problemas de saúde pública. Com base neste contexto, este trabalho tem como objetivo compreender como se dá a atuação do Assistente Social à mulher vítima de violência doméstica conhecer as ações desenvolvidas pelos os Assistentes Sociais no atendimento as mulheres vítimas de violência doméstica, identificar limites e possibilidades no enfrentamento da violência doméstica. Assim, desenvolveu-se um estudo bibliográfico com abordagem qualitativa, que será através de livros e artigos voltados para o tema abordado. Os conceitos utilizados abordam tema como o gênero, a violência doméstica contra a mulher, o machismo, os instrumentos de proteção à mulher vítima de violência doméstica e a política de assistência social. Os resultados obtidos demonstraram queas profissionais do estudo atendiam diariamente mulheres vítimas de violência doméstica, dos mais variados tipos, sendo a violência psicológica e a física as mais comuns. Com relação a Lei Maria da Penha, essa lei trouxe mudanças significativas, pois às mulheres sentem-se mais protegidas e amparadas, tanto pela justiça quanto aos órgãos de proteção. Já em relação aos homens fez com que eles ficassem com mais medo de praticar qualquer tipo de violência contra a mulher, no entanto observamos que a cultura machista ainda encontrase enraizada em nossa sociedade. Muitas mulheres ainda desconhecem os tipos de violência e qual pode ser aplicado perante a justiça, elas acreditam que faltam mais informações e divulgações sobre esse tema Neste contexto, os profissionais também encontram diversas dificuldades, como a falta de estrutura do local, para realização de atividades em grupo e falta de carro para realização das visitas.

Abstract:

In recent years, domestic violence against women in Brazil has worsened. Given this fact, the difficulties they face appear. Violence has remained a concern as one of the main public health problems. Based on this context, this work aims to understand how the SocialAssistant works to women who are victims of domestic violence, to know the actions developed by Social Workers in assisting women victims of domestic violence, to identify limits and possibilities in facing violence domestic. Thus, a bibliographic study was developed with a qualitative approach, which will be through books and articles focused on the topic addressed. The concepts used address topics such as gender, domestic violence against women, chauvinism, instruments for the protection of women victims of domestic violence and social assistance policy. The results obtained showed that the professionals in the study attended daily to women victims of domestic violence, of the most varied types, with psychological and physical violence being the most common. Regarding the Maria da Penha Law, this law brought significant changes, as women feel more protected and supported, both by justice and by the protection agencies. Regarding men, it made them more afraid of practicing any type of violence against women, however we observed that the macho culture is still rooted in our society. Many women are still unaware of the types of violence and which can be applied before the courts, they believe that more information and disclosures on this topic are lacking. In this context, professionals also encounter several difficulties, such as the lack of structure in the place, to carry out activities in group and lackof car to carry out the visits.

Tipo:

TCC

URI:

https://www.faculdadefmb.edu.br/repositorio/pos-graduacao/violencia-domestica-contra-a-mulher-e-a-atuacao-do-assistente-social/